Leblon (21) 3085 8500 | (21) 2323-0544
-
Icaraí (21) 2705-6646

Acromioplastia

Acromioplastia

O que é?

Chama-se acromioplastia a retirada cirúrgica da ponta do acrômio.

Por que fazer acromioplastia?

Acredita-se que a ponta do acrômio pode favorecer a ocorrência de rompimento dos tendões do manguito rotador, especificamente do supraespinal. Isto é ainda mais relevante quando o acrômio tem formato curvo ou até ganchoso e também quando apresenta um esporão. Nestes casos, o espaço entre o tendão e o acrômio fica muito reduzido e, consequentemente, o tendão pode ser comprimido pelo osso. Assim sendo, a retirada da ponta do acrômio e do seu esporão, quando presente, aumenta o espaço entre o tendão e o osso, diminuindo o atrito entre ambos. Para mais informações, veja os textos sobre síndrome do impacto e lesão do manguito rotador.

Quando fazer a acromioplastia?

Na grande maioria dos casos, a acromioplastia é realizada em conjunto com a sutura de um rompimento do manguito rotador. Veja o texto sobre lesão do manguito rotador clicando aqui

Raramente, porém, a acromioplastia pode ser realizada como procedimento isolado. Em geral, isto é necessário em pacientes com dor no ombro por síndrome do impacto, que não melhoram após longo período de tratamento conservador, incluindo fisioterapia, medicamentos, infiltrações, etc.

Como é feita a acromioplastia?

A acromioplastia pode ser feita tanto por via aberta como por vídeo – artroscopia.

Atualmente, a maioria dos cirurgiões adota a técnica artroscópica por todas as vantagens já mencionadas na página Artroscopia

A acromioplastia por vídeo é feita com auxílio de um instrumento cortante cuja ponta lembra uma broca e mede cerca de 5mm, chamado de shaver. Através de um pequeno orifício na pele introduz-se uma câmera artroscópica e por outro orifício, introduz-se o shaver. As imagens são projetadas em um monitor e a “raspagem” da ponta do acrômio é feita sob visão direta, até que o acrômio fique reto, sem curva ou esporão.

Como é a recuperação após a cirurgia?

Quando a acromioplastia é feita em conjunto com o reparo de rupturas de tendão, o programa de reabilitação é ditado pela própria ruptura e não pela acromioplastia. Veja o texto sobre lesão do manguito rotador, na seção “Procedimentos”, para maiores detalhes.

Caso a acromioplastia seja feita como procedimento isolado, o paciente passa 7 a 10 dias em uso de tipoia e, então, é encaminhado à fisioterapia, para recuperação da mobilidade e da força. Em geral, a recuperação completa costuma ocorrer em 3 meses a partir da cirurgia.

Note a redução do espaço subacromial nos pacientes com acrômio ganchoso, comparados àqueles que têm acrômio reto. A redução do espaço subacromial pode causar compressão dos tendões do manguito rotador e da bursa subacromial, levando à dor no ombro.

Acromioplastia é a raspagem da ponta do acrômio, tornando um acrômio curvo ou ganchoso em um acrômio reto.